Estrelas indies debocham de Randy Orton


Os comentários maldosos que o WWE Superstar Randy Orton fez em relação ao estilo "dive" dos wrestlers independentes ainda seguem dando o que falar.

Em um combate do evento WrestleCircus Lucha Carnival em Austin, Texas, durante o main event entre Pentagón Jr., Rey Fenix e Juventud Guerrera, e a equipa de Shane Strickland, Sammy Guevara e Mr.450, enquanto os três últimos estavam no topo do corner, Guevara os interrompeu e gritou que "Randy Orton estava no Twitter!".

Em seguida, os três desceram e atingiram seus oponentes com um RKO (Outta Nowhere!) e fizeram a pose característica de Orton.


Booker T permanecerá no RAW até o fim do verão


O WWE Hall of Famer Booker T disse em seu show de rádio que ele permanecerá como comentador do Monday Night RAW até o fim do verão. Dessa forma, não é esperado que David Otunga retorne antes disso.

Essa informação também foi divulgada via Twitter:

Raven e Buff Bagwell estão processando a WWE


Havia um temor de que com a criação da WWE Network e com o preço promocional de $9,99 e a inclusão de todos os PPVs por esse preço, embora os bolsos dos fãs estivessem satisfeitos, os bolsos de de alguns de seus Superstars favoritos não iriam ficar muitos satisfeitos.

No que diz respeito aos Superstars afetados, parece que não apenas os atuais Superstars foram afetados, pois dois ex-WWE Superstars, Buff Bagwell e Raven, estão processando a WWE sobre o pagamento de royalties.

O Wrestling Observer destacou que esses dois ex-WWE e ex-WCW Superstars possuem alegações significantemente complicadas.
A WWE alega que não deve nenhum pagamento a ambos, já que seus contratos dizem respeito apenas a venda de vendas diretas aos consumidores.

Vendas diretas significam qualquer coisa como venda de PPVs a DVDs, mas o mercado de PPVs e DVDs estão estagnados, já que todo o produto da WWE está na WWE Network.

Entretanto, Raven e seus advogados alegam que seu contrato diz explicitamente que ele deve receber royalties em "vídeo cassetes, vídeo discos, CD Rom, ou qualquer outra tecnologia, incluindo tecnologias ainda não criadas", e é nessa última parte que o caso de Raven ganha importância.

Se a WWE perder este caso e for forçada a pagar royalties pela WWE Network, isso pode abrir um grande precedente nos próximos anos. A WWE ainda defende que o produto não está sendo vendido para os consumidores e fãs, que apenas estão pagando pela chance de assistir conteúdo através de um serviço de assinatura.

Mas, caso os advogados de Raven e Bagwell consigam a vitória, a WWE pode instituir o velho sistema de royalties, que era usado para calcular o pagamento por DVDs e PPVs. A WWE teria que calcular quantos segundos o Superstar apareceu durante o programa, dividindo pelo total arrecadado para fixar uma quantia de dinheiro de royalty, algo muito complicado.

Goldberg parabeniza Asuka por atingir marca histórica


Com sua vitória no último Sábado no NXT TakeOver: Chicago, The Empress of Tomorrow Asuka chegou a incrível marca de 174 vitórias. Desde sua estréia no dia 7 de Outubro de 2015, ela nunca perdeu uma luta individual, seja por contagem de 3 ou por submissão.

Asuka ultrapassou a marca atingida pelo WWE Superstar Goldberg, durante sua passagem pela WCW, onde ficou invicto por 173 dias.

Asuka comentou sobre sua façanha no Twitter:

"Eu respeito muito Goldberg. Ele é incrível. Eu estou honrada de ser a campeã invicta com a mais longa invencibilidade na história da WWE."


Ao que Goldberg respondeu:

"......a 'invencibilidade' está em muito boas mãos. #Parabéns"

Rumores sobre comentadoras do Mae Young Classic


A WWE pretende ter uma grande representação, além das participantes femininas, no torneio Mae Young Classic.

Segundo o PWI, a equipa de comentadores será composta por um homem e duas mulheres, sendo que o WWE Hall of Famer Jim Ross já está confirmado. As demais comentadoras deverão ser Renee Young, ao lado de Charly Caruso ou de uma WWE Hall of Famer como Lita ou Beth Phoenix.

Além disso, é provável que haverá o uso de árbitras mulheres no torneio. A WWE já havia contratado a wrestler independente Kennadi Brink como árbitro, e ela deverá participar dessa maneira em alguns combates. Até o momento, não foi dito se a WWE irá contratar mais mulheres para o cargo de árbitro.

Quando Emma retornará?


É esperado que a RAW Female Superstar Emma, que se lesionou em um Live Event do RAW em Liverpool no dia 7 de Maio, retorne durante o mês de Junho.

Impact/Anthem vs.Hardys, porque a WWE não está se envolvendo?


A batalha jurídica entre a Impact/Anthem e os Hardys pela gimmick "Broken" segue ganhando novos capítulos a cada dia. O mais recente foi a divulgação do contrato de Matt Hardy com o Impact, feito propositalmente pelo próprio Impact, onde há uma cláusula que diz que "qualquer propriedade intelectual criada enquanto estiver trabalhando para o Impact se tornará de propriedade deles sob regra 'trabalho por contrato' e sua propriedade será retida quando o relacionamento contratual entre ambas as partes se encerrar."

Também surgiram diversos rumores de a WWE se envolver nessa disputa a favor dos Hardys, entretanto, a WWE alega que não tem nenhum interesse no caso.

O que tem sido dito é que a WWE está evitando se envolver diretamente/publicamente, porque não quer abrir o precedente de comprar uma gimmick ou ideia de alguém.

Dave Meltzer destacou que, se a WWE realmente não tivesse interesse algum na gimmick "Broken", ela já teria dito para Matt Hardy desistir do processo, ou até mesmo dizendo para ele parar de usar maneirismos que lembram a gimmick "Broken".

[PETIÇÃO] Wrestling é conteúdo inapropriado no Youtube



Sim é verdade! Desde Março deste ano que Wrestling é considerado conteúdo inapropriado.

Mas o que isto realmente significa? Significa que todos aqueles que trabalham em vídeos no Youtube (Youtubers) relacionados com Wrestling deixarão de ser patrocinados por anunciantes de propaganda. Isto faz com que muitas pessoas que ganham a vida com esta forma de entretenimento deixem de receber os valores que recebiam por estar a ser cortado esses anúncios.

Não só os mais pequenos Youtubers são afectados como também as grandes companhias que aproveitam o espaço do Youtube para divulgar o que fazem.

Este é o caso do canal WhatCulture Wrestling. Um canal dedicado ao entretenimento exclusivo sobre Wrestling e que alem disso tem a sua própria promotora, a WCPW (WhatCulture Pro-Wrestling) e que é exclusivamente divulgada no Youtube. Ora com esta nova política, a WhatCulture viu-se obrigada a cancelar as gravações do “Loaded”, pois sendo transmitido exclusivamente no Youtube, a promotora fica sem meios e fundos para poder continuar a realizar os eventos.

Como a WhatCulture, muitos mais existirão.

Podem ver o anúncio do cancelamento no vídeo em baixo:


Corre uma petição na internet realizada pelo Heelbook onde também explica aprofundadamente o que se passa com os anúncios no Youtube.

Para ler e assinar a petição, clicar na imagem em baixo.